Breve história do Clube

A “Liga de Algés”, abreviadamente assim conhecida, é uma Instituição fundada em 5 de Agosto de 1912, com um rico historial. Em 1915 a “Liga de Algés” instalou-se nos dois primeiros pisos e logradouro anexo de um edifício mandado construir pelo sócio e benemérito Sr. Eduardo Augusto Pedroso, sito na Rua Ernesto da Silva, Nº 95, com uma renda de 16 escudos e 67 centavos.

Na sua génese as actividades da Instituição eram fundamentalmente de carácter cívico, social e recreativo. A Liga dedicou-se a uma notável e interessante obra de assistência e beneficência, mantendo um pavilhão onde era distribuída uma sopa aos pobres, levando auxílios monetários a gente necessitada, pagando rendas de casa, comprando enxovais para crianças e mantendo uma creche.

Durante 36 anos, a Liga foi quase exclusivamente uma instituição de Benemerência e de Defesa de Direitos, “função hoje atribuída às Juntas de Freguesia – como por exemplo os problemas do chafariz, das estações dos caminhos-de-ferro e das escolas primárias”*, assim como da iluminação das ruas, do rio de Algés, etc.

Em 1948, ou seja, 36 anos após a sua fundação, a Liga deu os primeiros passos na patinagem. Construiu-se um recinto desportivo aberto, no terreno anexo à sede, onde usualmente se organizaram “festas que deram brado”, verbenas, récitas e bailes que se tornaram famosos. Este recinto tinha 32m x 16m, quase as medidas mínimas oficiais, com vedação de ferro. Abriu ao público, com patins para alugar. “Nas varandas da própria sede ficavam os camarotes para os clubes e para a imprensa. Os espectadores ficavam distribuídos entre duas zonas descobertas, desniveladas, para não prejudicar a visibilidade. O equipamento já tinha sido escolhido – o tradicional bordeaux na camisola e calções brancos.

Neste mesmo ano nascia o Hóquei Patins na Liga. No seu palmarés a Liga conta com o título de Campeões Nacionais da 2ª divisão em 1967, um campeonato que foi vencido com todo o brio e esforço pelos jogadores e que constitui ainda hoje o maior título já conquistado pela Liga de Algés.

No final dos anos 60, também o Andebol fez a sua aparição na Liga de Algés, com grandes resultados e alguns títulos, mas que por razões de ordem financeira, em meados dos anos 80 a modalidade foi obrigada a desaparecer, ficando porém, na história deste clube todos os seus feitos e todas as suas equipas.

A Patinagem Artística nasceu na Liga em 1976, e desde o início a Liga teve nos seus quadros grandes patinadoras conquistando títulos atrás de títulos ao longo dos anos tornando-se numa das mais conceituadas escolas de Patinagem Artística Nacional, destacando-se o título de Campeã da Europa conquistado pela atleta Daniela Sardinha, no ano de 2013.

A Patinagem de Velocidade nasceu na Liga de Algés em 2012, contando já com uma vasta equipa com participações a nível distrital e nacional, e alguns títulos nos escalões mais jovens.

Em termos federados a Liga de Algés conta ainda com uma equipa de Bilhar Carambola, modalidade que nasceu na Liga em Maio de 2008 após vários pedidos de alguns sócios a que a Direção do Clube aquiesceu decidindo-se formar uma equipa que compete actualmente no Campeonato Nacional da 2ª divisão Zona Sul de Bilhar Carambola.

A mais recente modalidade do Clube são as Escolinhas de Futsal, que apenas em dois anos já reúne cerca de quarenta atletas, nos escalões de Traquinas, Benjamins e Infantis.

O ano de 2014 afigura-se como um ano de novas apostas a nível da oferta das atividades físicas na Liga de Algés, sendo que em Outubro, a Liga inaugurará o seu novo Ginásio. Neste espaço são realizadas aulas de Ginástica de Manutenção (incluindo Seniores), Ginástica Infantil (dos 2 aos 12 anos), e, Actividade Motora Adaptada para Crianças com Necessidades Especiais: Autismo, Hiperatividade com défice de atenção, obesidade infantil, e outras perturbações relacionais e comportamentais, a preços muito acessíveis, em relação aos usualmente praticados.